fbpx
Como iniciar um podcast como estratégia de conteúdo em 2015

Você pode achar que dicas de como iniciar um podcast não têm nada a ver com estratégia de conteúdo…

Mas, para o tipo certo de negócio, lançar um podcast pode ser uma estratégia de conteúdo incrível.

Aqui estão algumas estatísticas recentes do tamanho do mercado do podcast a serem consideradas*:

  • Segundo o IBOPE, cerca de 40% da população de internet do Brasil, o que resulta em 50 milhões de brasileiros, já ouviu podcasts.
  • O número de ouvintes no país cresce cerca de 21% ao mês desde janeiro de 2018.
  • 51,1% ouvem todos os dias.
  • 91,7% dos ouvintes ouvem um podcast inteiro.
  • A média ponderada é de 2 horas e 52 minutos de consumo.
*Referência de estatísticas: IBOPE, CanalTech, TechTudo, Abpod.org.

Estatísticas impressionantes, não é? Mas o sucesso dessa abordagem é mais objetivo. Supondo que você queira lançar um programa de entrevistas com lideranças do seu segmento de atuação, as notas (show notes) do programa que acompanham cada episódio podem ser um grande gerador de tráfego para seu site e levar a aumento de classificação do Google, uma vez que seja do interesse dos seus convidados promover cada episódio.

O podcasting como uma estratégia de marketing de conteúdo quando feito da maneira certa pode converter seguidores anônimos de redes sociais em assinantes de listas de e-mail, e a maioria dos profissionais de marketing reconhece tanto a importância quanto a dificuldade de se ter uma boa lista de e-mails.

Um benefício adicional do marketing de conteúdo é que não faltam tópicos sobre os quais escrever, já que os convidados e a programação definem uma agenda altamente relevante para o conteúdo dos episódios e postagens relacionadas.

E embora adoremos construir um ouvinte fiel, este artigo não é apenas sobre como iniciar um podcast, é sobre como iniciar um podcast como uma estratégia de marketing de conteúdo para sua empresa e site.

Benefícios de um podcast com entrevistas

  • Reunir, colaborar e estabelecer relações de trabalho com pessoas influentes. Cada episódio de seu podcast dá a seus convidados a chance de falar sobre suas experiências, produtos, livros ou ofertas mais recentes. Então, você está essencialmente promovendo-os em seu podcast, e é por isso que é benéfico para eles estarem em seu programa. Portanto, na maioria das vezes, conseguir convidados é relativamente fácil, e relacionamentos duradouros surgem do apoio mútuo.
  • Tornar-se uma autoridade em seu campo. Frequentemente, a intenção de uma estratégia de marketing de conteúdo de entrada é estabelecer sua empresa e seus sites como autoridade em seu segmento de mercado. Existem poucas maneiras melhores do que ter uma entrevista regular em podcast para estabelecer essa autoridade na mente de seu público ouvinte, bem como dos visitantes do seu site.
  • Rank da página do Google, autoridade de domínio e SEO geral para seu site.  Esses fatores são motivados por links de entrada de alta qualidade. SEO é um campo em constante mudança e o que funcionou nos últimos anos não funciona mais hoje. A maioria dos especialistas em SEO concorda que conteúdo de alta qualidade e links de entrada são os padrões de ouro. E uma vez que suas anotações do episódio (show notes) promoverão e apresentarão links para o site do seu convidado e produtos mais recentes, é uma troca justa pedir que eles apresentem seu episódio em seu site, bem como promovam-no em seus próprios canais de mídia social. Então, com 50 episódios em seu programa, você terá 50 links de entrada de alta qualidade, bem como todo o tráfego e as menções de mídia social que esses episódios geraram.
  • Tópicos de discussão para postagens em seu site. Claro, você precisará se preparar para pensar estrategicamente sobre os convidados e convites para o seu podcast, mas normalmente o que surge de cada conversa é um conteúdo altamente relevante, facilmente transformado em show notes de formato longo que constituirão uma grande porcentagem de sua estratégia de conteúdo.

Ache sua paixão e sua voz

Uma advertência: você, ou alguém em sua empresa, precisa ter paixão pelo tópico de sua escolha. Portanto, se o ÚNICO motivo geral pelo qual você deseja iniciar um podcast é aumentar o page rank e gerar tráfego para o seu site, isso pode não ser suficiente. Começar um podcast não deve ser uma tarefa árdua, precisa vir do coração e mostrar paixão.

  • O áudio é mais íntimo. A conexão com seu público é mais profunda e íntima em um nível emocional, assim como os relacionamentos que você constrói com seus fãs e seguidores. No final das contas, a experiência deve ser de estar mais conectado.
  • A voz é um meio interessante nesse sentido.  Seu entusiasmo, ou a falta dele, irá instantaneamente chegar aos seus ouvintes e ser excitante ou desinteressante. O esforço necessário para lançar um podcast é alto, assim como as recompensas, mas se não vier do coração e se você não achar que pode encontrar algo de valor para compartilhar, nem comece. No formato de áudio, tudo é muito mais aparente.
  • Seja claro sobre sua proposta de valor para seus ouvintes. Assim como ao escrever artigos de blog, a experiência do ouvinte deve estar em mente. É necessário clareza sobre quem são seus prováveis ​​ouvintes, no que estão interessados, o que podem ganhar ouvindo seu programa , ou quais soluções para seus problemas você pode fornecer.
  • Nichos são bons, até certo ponto. Ao pensar sobre os tópicos do seu podcast e episódios, quanto mais “nichado” for o seu tópico, melhor. Isso pode parecer pouco intuitivo, mas há muitos exemplos de nichos extremamente pequenos que se saem bem em podcasting e estabelecem um ouvinte leal. Porém, se você estiver lançando um podcast para sua empresa, o foco deve ser o que melhor atende a seu público-alvo.

Concentre-se no conceito e conteúdo mais do que no equipamento

Você pode pensar que começar um podcast tem tudo a ver com som de alta qualidade e valor de produção e, portanto, precisará se concentrar em obter o equipamento certo.

  • Grandes expectativas.  É verdade que, com o aumento da popularidade dos podcasts, aumentaram as expectativas dos ouvintes em relação a um som excelente, mas aqui nesse blog tem vários artigos sobre como iniciar um podcast de uma perspectiva técnica, bem como como fazê-lo de maneira acessível. Não importa o orçamento, iniciar um podcast é relativamente acessível.
  • Em que se concentrar.  Ter um ótimo equipamento não fará de você automaticamente um ótimo apresentador ou produtor de podcast, então o foco deve ir para o planejamento, conceito e automação do processo de produção. Para ver os resultados em termos de estratégia de marketing de conteúdo, não foque demais no equipamento, use algo básico de baixo custo para começar. Se o seu podcast ultrapassar 25 episódios, recompense-se com um bom upgrade de microfone. 🙂

Encontre convidados estratégicos

Ao convidar pessoas para o seu podcast, pense de maneira estratégica.

  • É uma boa ideia definir expectativas com seus convidados desde o início.  Seja absolutamente claro sobre o fato de que este é um esforço de apoio mútuo, onde você cria um excelente conteúdo que promove seu convidado e que, em troca, você espera uma postagem de blog ou um link para seu site, bem como a participação ativa dos convidados no compartilhamento do episódio nas redes sociais.
  • Ter uma plataforma.  Claro que você quer escolher os convidados mais interessantes e divertidos para seu público, mas o ideal é que seu convidado também tenha um site popular, com uma classificação de página do Google de 4+, bem como uma grande presença nas redes sociais. Pode parecer desagradável, mas receber links de um site inativo ou de baixo valor não agrega ao SEO, e os visitantes com pouco ou nenhum acompanhamento nas redes sociais provavelmente não ajudarão a compartilhar seu episódio amplamente.

Show Notes – Escreva ótimas notas para seu episódios

como fazer podcast com notas de apresentação longas

O conteúdo de formato longo é melhor em termos de SEO, 700 palavras ou mais é o indicado.

  • Crie cabeçalhos e rodapés padrão. Siga uma receita para criar um segmento de cabeçalho e rodapé padrão para cada episódio. Use ferramentas de automação como o Text Expander para criar rodapés de notas de programas, com links de assinatura pré-programados para o podcast no iTunes e Stitcher; uma seção padrão sobre como compartilhar o podcast; onde encontrar links para livros ou sites mencionados no episódio. Isso ajuda a criar postagens de notas de formulário mais longas.
  • Apresente as perguntas que você faz a cada convidado.  Você pode deixar disponíveis na descrição do episódio as perguntas que fez para cada convidado.
  • Use um serviço de transcrição. São úteis na criação de posts de cada episódio. Existem muitos serviços de transcrição que farão um trabalho melhor e produzirão uma transcrição completa de cada episódio em cerca de um dia. A única desvantagem é que essa abordagem é um pouco cara.
  • Serviços de transcrição de podcast usando IA: a nova aposta do setor. Existem várias alternativas muito interessantes emergindo usando inteligência artificial e voz do Google para motores de tradução de texto. 
  • Invista de 1 a 2 horas para aprender o básico de SEO para podcasters. É um investimento que o ajudará a obter retornos no futuro.

Crie uma landing page do podcast com otimização de conversão

Ela deve ser projetada para criar uma experiência guiada para os visitantes assinarem sua lista de e-mail. E por que se concentrar em assinantes de e-mail? A resposta é simples: eles serão fiéis ao seu conteúdo.

Construa sua lista de e-mail

Como iniciar a construção de uma lista de e-mail de podcast

Quando as pessoas visitam a postagem no blog do podcast, devem encontrar facilmente a opção se inscrever para receber lembretes de episódios de podcast por e-mail.

  • Mencione um URL fácil de lembrar durante cada episódio.  Use ferramentas para encurtar os URL, para que seja mais simples você mencioná-los durante o episódio para encorajar os ouvintes a visitá-lo. Então, por exemplo, em vez de “meushow.com/longo-podcast-episodio5-descricao”, crie um URL curto para o episódio: “meushow.com/5”, que é fácil de os ouvintes lembrarem.
  • Notificação de e-mail – o que fazer e o que não fazer:  tome cuidado para não fornecer o show notes inteiro em seu e-mail. Ele tem como objetivo alertar seus assinantes sobre o fato de que um novo episódio está disponível e despertar alguma curiosidade. Além disso, ninguém lê mais e-mails longos.

Quanto tempo levará? Tem algum jeito de ser mais rápido?

estratégia de conteúdo de podcast - economizando tempo

Podcasters experientes concordam que o tempo total necessário para produzir um episódio de podcast é cerca de 4 a 5 vezes o tempo da duração real da gravação do episódio.

No geral, as etapas envolvidas são:

  • Gerenciamento de convidados.  Identificar convidados, convidá-los e agendar pré-entrevistas e a entrevista real.
  • Gravação. Gravar os arquivos de áudio dos episódios.
  • Produção.  Editar os arquivos de áudio em um software, produzir os arquivos .mp3, marcar os arquivos .mp3 com informações do programa, enviar para o serviço de hospedagem de podcast e preparar títulos e resumos de episódios, bem como programar cada episódio para lançamento e distribuição em feeds e mídia social.
  • Show notes.  Escrever um artigo no blog para acompanhar cada episódio, com links para o site e recursos do seu convidado, bem como gerenciar compartilhamentos nas redes sociais.

No entanto, existem maneiras de economizar tempo:

  • Estabeleça um cronograma e o cumpra.  Reserve um dia por semana para programar, gravar e produzir conteúdo por um mês. Isso, é claro, está sujeito aos seus recursos.
  • Automatize o máximo possível.  Ao produzir podcasts, crie um modelo de tudo, desde e-mails de convite à estrutura básica de show notes. Isso diminui muito a quantidade de tempo para produzir o episódio.
  • Obtenha ajuda.  Se sua empresa dispõe de recursos, você pode facilmente eliminar alguns dos aspectos mais demorados de fazer um podcast. Por exemplo, você pode designar estagiários para lidar com a programação de convidados e convites. Ou você pode aproveitar as vantagens de pacotes de produção de podcast, no qual a única coisa com que um anfitrião precisa se preocupar é a gravação da entrevista. Todo o resto, desde a edição até as notas básicas do programa e a publicação de cada episódio é feito por outras pessoas.

Preocupe-se com a qualidade do som e o processo de edição

Certifique-se de fazer você e seus convidados serão ouvidos de forma clara.

O áudio é um meio mais íntimo. Isso significa que também pode ser mais incômodo. Quando a falta de qualidade de som resulta em uma experiência “difícil de ouvir”, as pessoas vão desistir muito mais do que se encontrassem um ou dois erros de ortografia em uma postagem de blog.

Quanto melhor e mais profissional for o seu podcast, mais provável que seus convidados desejem compartilhar em seus sites, mídias sociais.

  • Recursos de edição de som.  Se você mesmo estiver editando os episódios, existem vários recursos para ajudar a produzir alta qualidade de som, independentemente do software de sua escolha. Pesquise bastante sobre o uso correto de equalizadores e compressão para moldar o som do seu podcast.
  • Remova “Ums”, “Ahhs”, “você sabe” e “estalos”.  A menos que seus convidados sejam oradores públicos totalmente fluentes, você vai se surpreender ao notar quantas dessas falhas são comuns. Nesse caso, o processo de edição na formação da experiência geral do ouvinte é extremamente importante. Portanto, reserve um tempo para fazer seus convidados falarem bem removendo erros da fala.
  • Seja implacável.  Não remova apenas falhas, mas também exclua partes irrelevantes ou repetitivas de uma conversa mais longa, a fim de criar um episódio melhor e mais conciso.
  • Trilhas sonoras e segmentos.  Ter uma ótima trilha sonora e introdução de tema pode fazer seu podcast se destacar e soar profissional e pronto para transmissão. Temos um artigo só sobre isso.

Formule uma estratégia de marketing de conteúdo de podcast

O conteúdo fundamental é um conceito de SEO que funciona particularmente bem com alta qualidade e formato longo. Baseia-se nos temas mais importantes do seu site ou negócio e cria uma rede interna vinculada de conteúdo relacionado.

Quando o Google indexa seu site, os links internos fornecem contexto e apontam para o artigo “fundamental” como a peça central. O Google reconhece a importância do artigo “fundamental” para o seu site e normalmente o classifica de forma mais elevada do que os artigos individuais mais curtos.

Essa abordagem funciona muito bem no planejamento de sua estratégia de conteúdo de podcast.

Normalmente são usados show notes de episódios e, para peças fundamentais, são adicionadas transcrições às postagens, o que resulta em um conteúdo de formato longo. Quanto mais você conseguir engajar alguém para permanecer em sua postagem, maior será a probabilidade de o Google classificar seu episódio em alta.

Última dica: defina o que o sucesso significa para você

Você pode definir seus próprios objetivos e formas de medir o sucesso.

Por exemplo, construir uma base de ouvintes leais pode ser importante, ou talvez seja estabelecer relacionamentos duradouros com colegas e clientes. Há um alto valor intrínseco em ter pessoas que desejam ouvir e visitar seu site porque estão realmente interessadas no tópico. 

Este é um investimento estratégico de longo prazo, mas a recompensa pode ser enorme.

Se você chegou até aqui lendo um longo post sobre como iniciar um podcast como estratégia de conteúdo, é provável que seja uma boa opção para você. Eu adoraria saber sua opinião, por favor, deixe um comentário!

Esse artigo foi traduzido e adaptado pelo Bicho de Goiaba - via Polymash

0 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *