fbpx

É certo dizer que o mercado de podcasts cresce a cada dia, o que torna ainda mais importante a tarefa de promover o seu. Em meados de 2020, haviam mais de 1.250.000 podcasts, que produziram mais de 29 milhões de episódios. Supondo uma duração média de cerca de 1 hora, levaria 2.111 anos para ouvir todos os episódios. 

Para que você tenha sucesso preparamos uma lista bem completa que vai te ajudar a promover seu podcast:

  1. Atinja seu público-alvo;
  2. Conheça táticas básicas de promoção de podcast;
  3. Envie seus episódios para agregadores de podcast;
  4. Participe de podcasts como visitante (Crossguesting);
  5. Use estratégias de anúncios pagos;
  6. Aproveite seus próprios convidados;
  7. Facilite o compartilhamento de episódios;
  8. Concursos e promoções para coletar avaliações;
  9. Aproveite sua de e-mails para compartilhamento de mídia social;
  10. Promova seu podcast organicamente com SEO;
  11. Aborde estratégias de conteúdo;
  12. Planeje tópicos interessantes;
  13. Junte-se a uma comunidade ou rede de podcasting;
  14. Use sua lista de e-mail;
  15. Torne o design da página inicial do seu podcast menos egocêntrico;
  16. Descubra seu público e envolva-o;
  17. Cinco erros para EVITAR ao promover seu podcast.

1. Atinja seu público-alvo

Compreender o público-alvo do seu podcast vem em primeiro lugar e, em seguida, alcançá-lo. Fazer uma análise de seu público-alvo é um pré-requisito que deve vir com o lançamento de um podcast, antes mesmo de começar qualquer promoção.

  • Tente assimilar solidamente quem são seus ouvintes, os tópicos de que mais gostam e o que mais ouvem.
  • Pesquise os podcasts mais populares em seu nicho para ter uma noção melhor.
  • Avalie aproximadamente a popularidade de cada podcast pelas classificações e número de episódios que encontrar e olhe os tópicos dos episódios mais populares para se inspirar.
  • Seu trabalho é criar o conteúdo do episódio que seja mais relevante para o seu público-alvo.

2. Conheça táticas básicas de promoção de podcast

Preste atenção em seus primeiros episódios e considere ter um episódio de “trailer” que você pode divulgar e que ajudará as pessoas a entenderem do que se trata seu podcast.

  • Se você tiver um site ou blog, este episódio de trailer pode ser apresentado em uma seção “Novo ouvinte” da página inicial do podcast. Dessa forma, seus novos ouvintes terão uma maneira fácil de se orientar.
  • Algumas pessoas gravam um breve episódio de trailer e, em seguida, expandem o conceito e as origens de seu podcast no primeiro episódio. É uma boa abordagem.
  • Considere regravar seu trailer quando você tiver mais de 10 episódios em seu podcast, para melhorá-lo e torná-lo mais relevante. E talvez regravar os primeiros episódios seja ainda mais importante para podcasters veteranos com muitos episódios.

Lance pelo menos 5 episódios de uma vez

Depois de criar um episódio de trailer, e presumindo que seja o Episódio 1, é recomendável lançar seu podcast com 5 episódios. Isso permite que seu público-alvo tenha mais conteúdo para ouvir assim que descobrir seu podcast.

Episódios “na gaveta”

Além dos primeiros 5 episódios disponibilizadas de uma só vez, é uma boa ideia ter mais 3 episódios completamente concluídos. Isso tira a pressão do ritmo de lançamento. Além de estar preparado para possíveis imprevistos, como por exemplo o convidado desmarcar.

Boca a boca

O boca a boca não deve ser subestimado, especialmente no início. Mas o boca a boca não significa apenas “pessoalmente”. Ligar para velhos amigos para contar a eles sobre seu projeto pode lhe dar um ótimo impulso inicial. Dependendo do tópico do seu podcast, você também pode envolver a família e colegas de trabalho.

3. Envie seus episódios para agregadores de podcast

Por onde começar? Promova seu podcast enviando para diretórios de podcast.

É fundamental garantir que seu podcast possa ser facilmente encontrado por ouvintes em plataformas existentes, chamados de agregadores . Esse cadastro pode ser um método de promoção passivo, mas ainda assim vale a pena, especialmente durante a fase de lançamento do podcast.

Para assegurar que seu podcast tenha o maior alcance possível, estar no maior número possível de diretórios/agregadores de podcast é um ótimo começo.

Observe as estatísticas de cada agregador. A partir desses dados, decida se o tráfego de cada um vale a pena o esforço de cadastro. Se a plataforma tem mais de 50 mil visitas por mês, vale a pena enviar. Muitos têm centenas de milhões de visitas por mês. Vamos à lista.

Apple Podcasts (antigo iTunes)

Listar seu podcast no Apple Podcasts é bastante válido, já que é o diretório mais importante. Mas talvez não pela razão que você pensa.

A maioria das pessoas se concentra em enviar para Apple Podcasts ou iTunes para estar na seção “Novidade”. Mas, o motivo mais importante é que a maioria dos aplicativos para ouvir podcasts (também conhecidos como podcatchers) usa o diretório da Apple para listar todos os podcasts disponíveis. Isso significa que é preciso cadastrar no Apple Podcasts se quiser que seu podcast seja encontrado na maioria dos podcatchers por aí.

Os envios são feitos por meio do Podcast Connect da Apple. As estatísticas da web são de 224,7 milhões de visitas por mês.

Spotify

O Spotify é um player relativamente novo para podcasts, mas vem crescendo rapidamente. Aqui no brasil tem mais expressão que o Apple Podcasts.

O Spotify lançou seu Portal de Podcast, o que significa que você pode cadastrar seu podcast manualmente, porém seus episódios serão armazenados em cache, e isso significa que suas análises não refletirão os dados corretos. É por isso que é mais viável enviar por meio de um servidor de hospedagem de podcast que já tenha conexão direta com o Spotify. As estatísticas do Spotify são de 251 milhões de visitas por mês

Google Podcasts

O Google podcasts está se esforçando muito para desenvolver sua plataforma de podcast. E com o Google não se pode brincar, se o seu podcast ainda não estiver lá, é bom se preocupar.

O Google Podcasts tem um portal onde você pode conferir se seu podcast está cadastrado. Ainda não é possível fazer o cadastro direto, mas se você fez tudo certinho com o outros agregadores, ele vai te achar. 🙂

4. Participe de podcasts como visitante (crossguesting)

Convidar é uma ótima maneira de promover seu podcast
Participar de outros podcasts é uma ótima maneira de promover seu próprio podcast.

Procure os maiores podcasts do seu segmento

Quando entrar, ouça episódios completos, faça anotações, depois envie um e-mail. Seja claro e honesto, dizendo algo como

“Estou muito interessado em participar do seu podcast como convidado. Eu particularmente adorei como, no Episódio XXX, você conversou com o convidado XXX sobre o tópico XXX e o fez admitir o fato XXX. Adoraria saber mais sobre seu processo de seleção e preparação de convidados. Você teria 20-30 minutos para uma reunião via Google Meet? Eu estou disposto a ajudá-lo a produzir um excelente episódio para sua audiência.”

Uma mensagem como essa vai direto ao ponto. Mas atenção! Cuidado com o número de e-mails enviados! Não vá enviar a todos os canais famosos, pois além de não entrar em nenhum deles, seu nome ficará sujo na podosfera.

Participar de outros podcasts e ceder espaço no seus episódios para aqueles que te convidaram se chama crossguesting, e essa estratégia é tão importante que temos uma artigo especial só sobre esse assunto. Clique aqui.

5. Use estratégias de anúncios pagos

Marketing de seu podcast usando anúncios pagos
O marketing do seu podcast com anúncios pagos pode ser muito eficaz.

Usar anúncios pagos para promover um podcast não é para todos. Mas é apropriado caso você tenha um orçamento destinado a esse fim.

E não pense apenas que “os anúncios não funcionam” – nem todas as plataformas são iguais. Quando se trata de promover seu podcast usando anúncios pagos, existem algumas opções.

Google AdWords

De um modo geral, o AdWords é caro. Portanto, a pergunta que você deve fazer a si mesmo é: posso direcionar o tráfego para meu podcast por R$ 3 a R$ 20 por clique?

Você precisa de resultados mensuráveis ​​para isso e, para a maioria das empresas, isso significa enviar tráfego para uma página de destino que apresenta um presente ou brinde e coleta um endereço de e-mail. 

No AdWords, você não pode nem mesmo segmentar ouvintes de podcast com facilidade. Portanto, não é indicado, exceto para podcasts corporativos.

Facebook

O Facebook é uma das opções pagas mais acessíveis para promover um podcast. Pode parecer fácil simplesmente clicar em “impulsionar” numa postagem específica de episódio em seu site de podcast e então esperar que as pessoas ouçam e se inscrevam.

Mas não é recomendável essa abordagem ao começar. Impulsionar uma postagem é uma solução rápida, mas raramente converte tão bem quanto um visual cuidadosamente elaborado e um anúncio que descreve especificamente o benefício do ouvinte e a proposição de valor de seu podcast geral.

Começar a usar os anúncios no Facebook da maneira adequada pode ser intimidante, então considere fazer um curso de anúncios no Facebook ou contratar alguém experiente para ajudá-lo a começar.

Em redes de publicidade de podcast

Com o AdWords e o Facebook, você estará anunciando principalmente para quem não é ouvinte de podcast. É difícil segmentar os ouvintes apenas no Facebook e quase impossível no Google.

Mas é por isso que as redes de publicidade em podcast são tão eficazes. Por padrão, todo o seu público consiste em ouvintes.

Uma ótima maneira de conseguir mais audiência é anunciando em outros podcasts existentes em seu segmento. A maioria dos podcasters só pensa nas redes de publicidade de podcast como algo que os ajuda a monetizar. Mas colocar um anúncio dentro de um dos podcasts mais populares do seu segmento pode ser muito eficaz. 

O verdadeiro benefício dessa abordagem é o fato de você estar anunciando em seu meio. Se as pessoas estão ouvindo seus anúncios, isso significa que já são assinantes de podcast. É muito mais fácil convencê-los a conferir seu podcast do que mostrar seu conteúdo do Facebook ou AdWords para pessoas que podem nem mesmo ter o habito de ouvir podcasts.

6. Aproveite seus próprios convidados

Seus próprios convidados precisam desempenhar um papel no crescimento do seu podcast
Certifique-se de que seus convidados o ajudem compartilhando episódios em que aparecem.

Se você tem um podcast de entrevistas, peça ao seu convidado para que o ajude a promover seu podcast. Mas certifique-se de que isso não seja uma inconveniência de sua parte. Fazer com que seus convidados compartilhem links de episódios em suas próprias redes sociais pode ser uma tarefa difícil.

E quanto mais conectado e “famoso” seu convidado for, menos provável que ele faça isso sem ser solicitado.

Faça uma boa apresentação do seu convidado

É recomendável pedir que eles preencham um formulário simples e forneçam links de mídia social, livros que estão promovendo, biografias curtas, fotos de perfil, etc. Isso é para que se possa criar uma seção de visitantes atrativa com fotos e links para trabalho deles. Em outras palavras, você cria chamadas atraentes, que seus convidados terão orgulho de compartilhar.

Deixe suas expectativas claras desde o início

Ao pedir o preenchimento do formulário, deixe claro que o esperado é que os convidados do podcast compartilhem o episódio em suas redes sociais.

O que você precisa fazer aqui é aproveitar o poder e as redes de seus convidados para promover episódios. Se houver scripts ou templates para você e seus convidados, vai facilitar muito.

Alguns exemplos de scripts

Use algo semelhante para Facebook / LinkedIn e / ou Google+:

“Eu estava no [NOME DO PODCAST] com [SEU NOME] e falei sobre [O QUE VOCÊ FALOU]. Se você gostar de [MOTIVO PELO QUAL ALGUÉM PODE ESTAR INTERESSADO], ouça aqui: [COLAR O LINK]

Use algo semelhante para o Twitter:

“Acabei de ser entrevistado por [SEU USUÁRIO DO TWITTER] e falei sobre [O QUE VOCÊ FALOU]. Ouça aqui: [COLAR O LINK] ”

7. Facilite o compartilhamento de episódios

Garanta que seus episódios de podcast sejam facilmente compartilhados
Garanta que seus episódios de podcast sejam facilmente compartilhados.

Isso significa ter botões de compartilhamento social nas páginas de destino do episódio, de modo que fiquem bem chamativos. Isso evita que as pessoas tenham que vasculhar para compartilhar em suas redes.

Existem dezenas de plataformas auxiliares que colocam botões de compartilhamento social atraentes ao lado de seus episódios.

Procure o tipo de botão de compartilhamento que fica ao lado do seu podcast. Desta forma, seus ícones de compartilhamento social estarão sempre visíveis.

8. Concursos e promoções para reunir avaliações

Essa costumava ser uma tática de lançamento muito popular. A ideia era lançar um concurso e pedir às pessoas que se inscrevessem deixando uma avaliação no Apple Podcasts e, em seguida, enviassem o ID do iTunes para entrar no concurso como prova.

Os podcasts do iTunes e da Apple mudaram

Desde então, o algoritmo para chegar ao topo dos podcasts da Apple mudou, não sendo mais impulsionado pelo número de avaliações. Em vez disso, o número de novos assinantes tem o maior impacto, seguido pelo número de downloads de episódios. 

Logo, o “concurso de lançamento” é menos comum agora. Além de não ser mais tão eficaz, a configuração geralmente leva muito tempo. Você precisa de páginas de destino, capacidade de automação de marketing e tempo. Mas se você tiver paixão, tempo e esforço de sobra, um concurso de lançamento ainda dará um grande impulso ao seu podcast.

As avaliações ainda são importantes

Avaliações ainda são importantes e não devem ser ignoradas, pois dão credibilidade e prova social a um podcast. Ver que dezenas de pessoas estão deixando ótimas avaliações sobre um podcast do seu estilo é um bom motivo para se inscrever. Por outro lado, um podcast sem nenhuma avaliação também diz algo.

9. Aproveite sua lista de e-mails para o compartilhamento de mídia social

comercialize o lançamento de seu podcast com GoViral
A ideia é tentar promover o lançamento do seu podcast para se tornar viral.

Sabe a tática de lançamento do concurso que você leu acima? Essa dica é um pouco parecida. A diferença? Muito mais fácil e menos demorado de configurar.

Apresentando a ferramenta GoViral

Bryan Harris, da GrowthTools, tem uma ótima ferramenta gratuita chamada GoViral, que consegue mais tráfego e compartilhamentos de qualidade, oferecendo um presente grátis para seus novos assinantes quando compartilham seu site com amigos.

GoViral leva as pessoas a compartilharem seu conteúdo – é boca a boca instantâneo.

Uma configuração muito simples

O legal do GoViral é muito simples de configurar. Portanto, a sequência é a seguinte:

  1. Maria se inscreve na sua lista de e-mail.
    Isso pode ser na sua página inicial, em um webinar ou em uma postagem de blog.
  2. GoViral oferece a ela um presente para compartilhar seu site.
    Pode ser qualquer coisa, desde um PDF grátis, a um desconto, a um curso gratuito.
  3. GoViral dá o presente a ela e você obtém tráfego grátis.
    Funciona com Twitter, Facebook, Instagram e 16 outros serviços.

O GoViral é integrado à maioria das plataformas de mídia social e verifica se alguém realmente compartilhou o link do seu podcast antes de disponibilizar o presente.

Aqui está o link para GoViral da GrowthTools.

10. Promova seu podcast organicamente com SEO

Promover um podcast com SEO é uma estratégia de longo prazo
Promover um podcast com SEO é uma estratégia de longo prazo.

Na pressa de lançar um podcast, isso costuma ser esquecido ou colocado em segundo plano e, antes que você perceba, já está com 25 episódios, sem aproveitar os benefícios de longo prazo do SEO. Páginas de destino de episódios otimizadas vinculadas a palavras-chave direcionarão tráfego valioso para seu site.

Considere como as pessoas realmente encontram podcasts

A maioria das pessoas não procuram novos podcasts para ouvir na Apple Podcasts nem no Spotify. Essa busca é feita através do Google.

A lição?

A pesquisa do Google é o que realmente importa!

Usar ferramentas de SEO para pesquisar tópicos de podcast e utilizar seu site (e mais importante, artigos específicos de episódios, também conhecidos como show notes (notas de exibição) para atrair tráfego e interesse são ações fundamentais. 

Os serviços de transcrição são seus aliados

As transcrições estão cada vez mais acessíveis. O motivo pelo qual você deve usá-las nas notas do podcast é que o Google indexará esse conteúdo e atribuirá mais classificação ao seu episódio por causa da duração da postagem das notas. A tradução automática está se tornando mais precisa e custa cerca de 0,50 por minuto, 100% de precisão tem um custo um pouco mais alto, cerca de R$ 5,00 por minuto. Ainda assim, considerando o tempo que você levaria para escrever notas personalizadas, este é um investimento que economiza tempo. É uma boa combinação de serviços automatizados e contexto narrativo humano.

Ao fazer isso, deixe seu texto o mais legível possível. As transcrições são quase sempre difíceis de ler e muitas vezes parecem um texto com linhas densas e corridas. E as pessoas na internet gostam de dar uma “passada de olho” no conteúdo. Além disso, de uma perspectiva de SEO, os novos algoritmos de pesquisa do Google valorizam a qualidade do conteúdo.

11. Aborde estratégias de conteúdo

Invista tempo para promover seu podcast
O marketing de conteúdo leva tempo.

Qualquer coisa com conteúdo leva tempo para ser desenvolvida, e se for um esforço solo, você precisa se dedicar.

Ser apaixonado pelo seu podcast é quase um pré-requisito.

Um exemplo: dois donos de academia lançaram um negócio de suplementos e, ao mesmo tempo, um podcast. Demorou cerca de 75 episódios antes que seu tráfego começasse a aumentar, e isso ocorreu principalmente porque um episódio era sobre a Dieta Keto, que chamou muita atenção e os ajudou a serem notados para outros episódios. Mas 75 episódios, um por semana, são cerca de um ano e meio. Isso levará algum tempo.

12. Planeje tópicos interessantes

marketing de podcast leva tempo
Tópicos interessantes podem surgir da pesquisa de seu público.

Busque por pesquisas de tendências sobre o que tem interessado o seu público. Pergunte às pessoas no LinkedIn. Pergunte às pessoas no Twitter. Peça na sua lista de e-mail. Converse com as pessoas.

Vamos voltar ao exemplo daquela pequena empresa novamente. Suponha que você faça uma pergunta como “Quais tópicos do episódio você gostaria de ouvir?” no LinkedIn e vários dizem que querem saber como melhorar as contratações dentro do orçamento. Bem, encontre um bom convidado para isso, produza o episódio, e quando for produzido, VOLTE A ESSA LINHA e compartilhe com quem pediu.

Eles encontrarão valor e são muito mais propensos a compartilhá-lo com mais pessoas. Conteúdo interessante, consistente e relevante para o o público-alvo vai ajudar bem no lançamento de qualquer podcast. Leva tempo, mas você será notado com mais rapidez nessa abordagem.

13. Junte-se a uma comunidade ou rede de podcasting

As redes de podcasting ajudam ativamente a promoção cruzada, mas pode ser difícil entrar
As redes de podcasting ajudam ativamente a promoção cruzada, mas pode ser difícil entrar.

O que são “Redes de Podcast”?

Uma rede de podcast é uma coleção de podcasts produzidos, distribuídos ou disponibilizados aos anunciantes por meio de uma única empresa ou rede.

A vantagem de ser um membro é que essas redes frequentemente têm acordos de promoção cruzada com outros podcasts na rede. Portanto, a capacidade de atrair anunciantes também é melhor para todo o grupo. Esteja preparado para promover os outros participantes também, e geralmente você não tem muita escolha sobre quem será promovido. 

No entanto, para ingressar em uma rede, é sua responsabilidade mostrar que pode trazer um público considerável para os demais (esse público pode ser de um meio diferente) ou seu produto é tão bom que você constrói rapidamente um público (isso pode ser na forma de um ponto de vista exclusivo, especialidade ou habilidades de produção refinadas).

Tenha cuidado com redes de podcast menores

Pense duas vezes antes de ingressar em uma rede menor de podcast apenas para economizar tempo e esforço. E especialmente se eles pedirem que você desista do seu próprio feed e se ofereçam para hospedar seu podcast no feed deles. 

O ideal é aderir a uma rede que lhe permita manter o seu próprio site e seu feed.

14. Use sua lista de e-mail

a construção da lista de e-mail é insuficiente para envolver o público do seu podcast
O e-mail é erroneamente desvalorizado.

O recomendável é que aqui você concentre sua energia e esforço.

As pessoas optam por participar de suas listas porque gostaram de alguma coisa que você ofereceu. Bem, se eles aceitaram, estão um tanto interessados. Mantenha-os interessados. Isso começa com bons assuntos. 

Seus convidados o tornam mais interessante

Pense no ponto mais interessante e diferente que seu convidado fez. Descubra como transformar isso em uma linha de assunto emocional. Você pode ver o quão poderoso é um título e, em seguida, usar esse título como o assunto do e-mail sobre um episódio específico.

De vez em quando, converse com seu público sobre os convidados que eles desejam ouvir, os tópicos que desejam cobrir, como eles se sentem sobre o conteúdo em geral e muito mais. Seja humano. Responda a esses e-mails diretamente, as pessoas querem pensar que estão tendo uma conversa com o criador real. 

Muitos fazem o marketing por e-mail de forma errada porque simplesmente exibem o que há de mais recente com uma linha de assunto genérica e contexto limitado. Isso resulta em baixas taxas de abertura e altas taxas de cancelamento de assinatura. Nesse ponto, por que ter uma lista de e-mail? Seja interessante e diferente. Dá trabalho sentar e pensar na coisa mais intrigante dita em um episódio, mesmo que seja apenas uma pequena pepita, mas vale uma tonelada se você fizer isso com cada e-mail enviado.

15. Torne o design da página inicial do seu podcast menos egocêntrico

Faça mais sobre seu público do que seu podcast.

Como você cria um site de podcast para envolver seu público? Fale mais sobre eles e menos sobre você e do seu podcast. E enquanto você faz isso, você aumentará as oportunidades de conversão e criação de listas.

16. Descubra seu público e envolva-o

Encontrando seu público ideal para podcast
Encontrar o seu público ideal para o podcast é o começo.

É aqui que quase tudo relacionado a marketing e vendas precisa começar, e não é diferente com os podcasts. Só que é demorado. E qualquer coisa que consuma muito tempo frequentemente é esquecida. Mas tudo bem, vamos supor que você tenha algum tempo.

Digamos que você queira atingir proprietários de pequenas empresas; esse é, na verdade, um alvo relativamente comum para produtores de podcast no gênero empresarial. Você precisa começar pensando nisso em voz alta:

Onde os proprietários de pequenas empresas se encontram?

Com toda a probabilidade, então, o proprietário de uma pequena empresa estaria em:

  • LinkedIn em geral
  • Grupos específicos do LinkedIn
  • Reddit
  • Instagram (seguindo perfis de gestão)
  • HBR e comentários de sites semelhantes
  • Grupos do Facebook sobre empreendedorismo

Faça uma lista de onde seu público está ou estaria. Encontre grupos conectados a esse público. Junte-se a esses grupos.

Suas contribuições são fundamentais

E agora, essa é a parte que muitas pessoas perdem. Não se trata de entrar nesses grupos e apenas enviar cada episódio. Isso não vai funcionar – e no Reddit, pode até fazer com que você seja banido.

O que vai funcionar é o seguinte: junte-se a esses grupos e contribua para as discussões. É demorado, sim. Mas é importante. Agregue valor às discussões e responda aos comentários de outras pessoas.

Depois de fazer isso cerca de 20 vezes, você pode começar a compartilhar links de episódios – mas este é um grande problema – SOMENTE compartilhe os links se eles forem relevantes para uma discussão específica.

Em suma, você deseja tornar seu compartilhamento conversacional, e não forçado. Se for parte de um diálogo contínuo sobre, digamos, pagar impostos em uma pequena empresa e você tiver um episódio sobre isso, que seja relevante, as pessoas clicarão nele e ouvirão. Mas se você simplesmente explodir esse episódio sem contexto, é uma colina muito mais íngreme para escalar.

17. Cinco erros para EVITAR ao promover seu podcast

A Apple lançou recentemente suas próprias práticas recomendadas de marketing de podcast e, como a Apple é onde cerca de 500 bilhões de horas de podcasts foram transmitidos, parece um ótimo lugar para obter algumas dicas sobre o que fazer – e talvez mais importante, o que não fazer .

Algumas coisas que a Apple diz para evitar incluem:

Erro n° 1: longas introduções

  • Não use uma introdução enorme, diga às pessoas o que podem esperar ouvir no episódio.

Erro nº 2: conteúdo de show notes (notas de exibição) não relevantes

  • Escreva para os ouvintes o que esperar, certifique-se de que eles saibam como descobrir o que você está falando. Quer seja um episódio específico ou seu podcast em geral, forneça links.

Erro nº 3: falta de estratégia de conteúdo

  • É muito mais difícil promover seus episódios de podcast sem planejar com antecedência. Isso significa agendar e produzir episódios algumas semanas antes, permitindo que você dedique mais tempo a ideias para promover o podcast, pensar em bons títulos para os episódios e escrever notas.
  • Planeje e pesquise seus episódios com antecedência. Isso permite que você implemente uma poderosa técnica de classificação de SEO chamada “conteúdo fundamental”, em que vários episódios relacionados compartilham links para um episódio principal sobre o tema.
  • Pesquise várias palavras-chave em potencial para uma temporada inteira. Em seguida, você pode criar os títulos dos episódios e notas para serem otimizadas em torno de palavras-chave de alto valor. 
  • Certifique-se de que as notas do podcast tenham tamanho suficiente. Se as anotações tiverem menos de 300 palavras, a probabilidade de seu conteúdo aparecer no resultado de pesquisa do Google é quase zero. Escreva pelo menos 700 palavras ou mais para dar ao seu conteúdo uma oportunidade de visibilidade.

Erro n° 4: títulos fracos

  • Não crie títulos de episódios chatos. Evite títulos que começam com “Esta semana nosso anfitrião XXXX fala com nosso convidado YYYY sobre ZZZZ”. Não comece os títulos dos episódios com “Episódio nnn:” Nos podcasts da Apple e em todos os podcatchers, o espaço para o título do episódio é escasso. Portanto, não o desperdice com o óbvio, redundante ou irrelevante. Os ouvintes de podcast consomem cada vez mais por episódio, por meio de pesquisas. Portanto, os títulos têm uma fração de segundo para atrair um ouvinte.

Certifique-se de que os títulos dos episódios sejam exibidos.

  • Anote de 7 a 20 versões dos títulos dos episódios planejados – faça isso sempre, e a qualidade e a capacidade de clicar nos títulos dos episódios irão melhorar. 
  • Aprenda um pouco sobre SEO – pense nisso como um investimento que renderá dividendos nos próximos anos. 
  • Se o conceito de fazer SEO te deixa admirado, invista nisso para fazer seu podcast crescer.

Conclusão

No podcasting as ideias e a estratégia de conteúdo surgem com muito mais facilidade. Além disso, é mais propenso para aqueles que depois desejam avançar para modelos de conteúdo de vídeo e multicanais. Os pontos importantes são:

  1. Narrativa
  2. Construção efetiva de uma comunidade

Todos os grandes podcasts observam esses dois pontos. Faça o mesmo!

Esse artigo foi traduzido e adaptado pelo Bicho de Goiaba - via Polymash

0 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *