fbpx

Quais são as principais dicas para lançar um podcast? O que você deve preparar antes de lançar seu podcast?

por Matt D via podfollow

Com qualquer novo projeto, chega um ponto em que você só quer colocá-lo em prática e liberá-lo para o mundo exterior. Freqüentemente, com um podcast você faz o que parece ser a parte difícil – gravar e editar o áudio – então você o envia para a Apple Podcasts e conta a todos sobre isso.

Aí acontece que Apple demora uma semana para registrar seu pedido e liberar seu podcast, e você vai ter de responder em todas as suas redes sociais para as pessoas que não estão encontrando o seu podcast.

Então, aqui estão dicas sobre como lançar um novo podcast.

Não fale sobre seu podcast (pessoalmente ou na internet) antes que todos possam se inscrever e ouvir um episódio.

A triste verdade é que tentar criar um buzz para uma coisa nova é difícil. Gerar antecipação para um projeto com o qual as pessoas têm pouca conexão é difícil de alcançar. Em vez disso, é melhor apontar para algo que atenda a uma necessidade, onde você pode contar por que alguém deveria ouvir.

“No meu novo podcast, a convidada Davina me dá dicas sobre como trabalhar em casa (link para o episódio)” é muito melhor do que “Acabei de gravar meu primeiro episódio de podcast com Davina, ele sairá em breve” .

As pessoas precisam ter a capacidade de agir de acordo com as informações imediatamente. Links em vez de promoções sobre o que virá.

Então, se esse é o ponto final, o que você precisa fazer para chegar lá?

Tornando mais fácil ouvir

Para tornar seu podcast fácil de ouvir, ele precisa estar em todas as agregadores/plataformas em que as pessoas ouvem podcasts. Apple Podcasts é o maior, mas há uma série de outros em que você deveria estar. O Podcastbox tem uma lista excelente de todos os lugares onde você pode cadastrar um podcast, mas antes de chegarmos lá, vamos dar uma olhada no seu feed RSS.

Estou supondo que você já descobriu onde seu podcast será hospedado. Seja Acast Open , Omny , Audioboom , Libsyn ou qualquer outro lugar. Esses servidores vão de fornecer um link, parecido com endereços que usamos para acessar sites. Esse link é o seu feed RSS que você enviará para os locais da lista de Podcastbox mencionado acima.

Lembre-se de enviar um feed de podcast não é algo instantâneo, por exemplo, a Apple pode levar de 24 horas a uma semana para ativá-lo nos podcasts da Apple. Cada agregador tem o seu ritmo.

Para enviar um podcast, é necessário ter um episódio – ou seja, algum áudio. Não precisa ser um episódio adequado e nem precisa ser algo com o qual você vai lançar. Seu primeiro objetivo principal é listar seu canal, então crie o “episódio zero”.

O “episódio zero” pode ser um trailer bem produzido para o seu podcast, ou pode ser tão simples quanto você dizendo – “ Olá, este é o podcast Trabalhando em Casa, vamos entrevistar pessoas sobre como trabalhar em casa. Fique atento!”

Quando você envia seu feed, as outras informações que aparecem são a imagem da capa, o título, uma descrição e um link para um site.

Invista algum tempo nessas coisas, sim – é claro que você pode mudá-las mais tarde – mas na preparação para um lançamento, faça um bom trabalho nisso. Lembre-se de que as imagens são uma das coisas principais para chamar a atenção das pessoas – a sua capa é profissional? Você consegue ler se for reduzido a um pequeno quadrado?

Se você não tem muita habilidade artística, use um serviço como o Canva que já tem muitos modelos pra você usar. Se você não se esforça em suas imagens, por que alguém deveria perder tempo ouvindo seu podcast?

Encontrar um bom título é difícil. Títulos inteligentes ou obscuros são bons se você vai gastar dinheiro de marketing para explicar o que eles significam, ou se você tem um grande número de seguidores nas redes sociais, onde pode apresentá-los. Se você não tem essas coisas, não coloque outro problema nas suas costas, apenas escolha um título que explique qual é o seu podcast.

Próximo – a descrição. Algumas pessoas descobrirão seu podcast por meio de pesquisas – em um aplicativo de podcast ou no Google. As palavras em seu título e descrição terão o principal impacto nisso. Certifique-se de que suas descrições tenham um breve “argumento de venda” de duas linhas que explique sucintamente o que seu podcast deve ser ouvido (principalmente para humanos lerem) e, em seguida, alguns parágrafos que vão em mais detalhes, usando palavras que as pessoas podem pesquisar (para o bot do Google).

Endereço do website. No sistema que você usa para publicar seu podcast, provavelmente haverá um campo para o endereço do seu site, certifique-se de que esteja preenchido. Como há muitos sites de podcast diferentes por aí, todos usando seu feed RSS, esta é a página que todos eles estão vinculando ao seu podcast. Isso significa que esta página acaba sendo a principal resposta do Google pelo nome do seu podcast.

Você tem um site?

Um site é útil. Deve permitir que as pessoas descubram mais sobre o podcast, os episódios, os apresentadores, suas redes sociais e uma forma de entrar em contato com você. Todos nós pesquisamos na internet quando ouvimos falar de coisas. Se alguém disser “ei, há um ótimo podcast para trabalhar em casa”, você provavelmente pesquisará por ele. Se você clicar no site do podcast e ele parecer profissional, acolhedor, com muitas informações, é mais provável que você escute.

Dependendo do servidor do seu podcast, eles podem lhe dar um site gratuito – o que não é um mau lugar para começar. No entanto, você realmente deve registrar um domínio e usar algo como Squarespace ou WordPress para criar um site mais elaborado para seu podcast.

Seja qual for o seu site, certifique-se de atualizar o URL do ‘site’ no servidor do podcast para que todos os aplicativos apontem para ele.

Certo, então seu feed está pronto – boas imagens, descrição bem escrita, links para seu site e um “episódio zero”. Perfeito, agora você pode se inscrever em todos os agregadores da lista do podcastbox.

O objetivo de fazer todo esse trabalho de cadastro do “episódio zero” é garantir que você esteja pronto para o lançamento. Nesse ponto, eu ainda não teria contado a ninguém sobre meu podcast. No momento, você está construindo sua casa, e se aprontando para mudar.

Ok – todo o encanamento está feito. Você está em todos os lugares. Você terminou seu primeiro episódio, é hora de começar? Não.

Os podcasts com bom desempenho tendem a ser regulares. Isso pode ser diário, semanal, mensal – realmente não importa com que frequência, mas há um valor real para os ouvintes aprenderem que há novos episódios em um determinado horário. Se o seu programa de TV favorito estivesse passando aleatoriamente, seria muito difícil ter certeza de que você não perderia um episódio. 

Mas sabemos que pode ser difícil atingir o mesmo ponto semanal, o que acontece se você estiver ocupado uma semana ou se seu co-apresentador estiver ausente? Sempre sugerimos tentar colocar cinco ou seis episódios “na gaveta” e depois continuar fazendo novos. Dessa forma, qualquer pequeno problema não fará diferença, pois você ainda terá um episódio antecipado pronto para postar na semana.

Gravar cinco ou seis episódios com antecedência também é um bom teste para verificar se a sua ideia é boa e se você tem a capacidade e o foco para continuar.

A outra vantagem de ter algum tempo antes do lançamento dos episódios é que você pode se concentrar no marketing.

Em primeiro lugar, recorte bons pedaços curtos de cada episódio e crie vídeos para as redes sociais (tudo gratuitamente através do Headiner ). 

Em seguida, crie um press release sobre o seu programa – texto, imagens e áudio – de seus primeiros episódios. Inclua a programação de lançamento, quem são seus convidados e links para clipes de resumo e todo o episódio. Você pode então usar isso para entrar em contato com a impressa especializada.

Algum de seus convidados disse algo digno de nota? Você pode preparar um comunicado à imprensa, com clipes de áudio anexados, que estão prontos para quando precisar enviá-los.

Se você tem tudo isso pronto, então acho que você está pronto para começar! Bem … quase.

Você quer ter certeza de que seu primeiro episódio está online, em todos as plataformas, antes de começar a promovê-lo. Quando você clica em publicar em seu sistema de gerenciamento de conteúdo, isso atualiza o feed RSS, mas você precisa esperar por todos os lugares para verificar se há um novo episódio neles.

Geralmente, os grandes aplicativos determinam, com o tempo, a frequência com que você atualiza seu feed e, em seguida, verificam com uma frequência. Como você é novo, pode não ser verificado imediatamente, pode levar até 24 horas, mas é provável que seja mais regular do que isso.

Primeiro pesquise seu podcast no site Apple Podcasts, se o novo episódio estiver lá, todos os usuários da Apple poderão acessá-lo. Mas também espere até que ele apareça no Spotify, Amazon, Deezer etc. antes de começar a pedir que as pessoas ouçam.

Para onde você deve criar um link nas redes sociais?

Uma das dificuldades com o podcasting é que as pessoas usam aplicativos diferentes. Se você criar um link para Apple Podcasts em um tweet, isso será irritante para todas as pessoas com telefones Android, já que esse link não funcionará.

Para resolver esse problema use links do pod.link ou do podfollow. Nesses sites cada podcast tem um único link gratuito que abre Apple Podcasts para usuários de iOS, Google Podcasts para usuários de Android e seu site para usuários de Desktop. 

Lista de controle

  • Um feed de podcast com ótimos gráficos, título e descrição
  • Um site/blog
  • Um trailer / episódio zero
  • Disponível em todos os aplicativos de podcast (agregadores)
  • Seis primeiros episódios “na gaveta”
  • Anúncios criados para os primeiros episódios
  • Press release
  • O episódio um apareceu em todos os aplicativos
  • Você tem um link de podfollow  ou pod.link pronto para usar em suas redes sociais

Você conseguiu, vá em frente!

Categories: Podcasting

0 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *