fbpx

Não há nenhuma regra que diz que você deve ter trilha sonora no seu podcast. Vários podcasts excelentes não tem música nenhuma, mas não há dúvida de que ter uma identidade sonora própria adiciona uma camada extra de refinamento e profissionalismo a qualquer podcast. 

Music is Life

Então, chegamos à questão: como encontrar música para usar legalmente? Esse artigo vai te mostrar que tipo de música você pode usar no seu podcast e onde encontrar as melhores bibliotecas  – gratuitas ou não.

Que tipo de música eu posso usar?

Antes de tudo, saiba que é sua obrigação se certificar de ter permissão para utilizar qualquer música que seja tocada no seu podcast. Geralmente, há 3 opções viáveis. Vamos a elas:

1 – Royalty-free

Nesse caso, você compra a licença da música e por isso você pode usá-la quando e como quiser, pela duração de tempo estipulada na licença. A maioria das plataformas de trilhas e efeitos sonoros oferece uma licença vitalícia, contanto que você tenha uma assinatura ativa.

Os termos e condições podem variar, então tenha certeza de se familiarizar bem com as informações antes de optar por uma plataforma.

2 – Licença Creative Commons 

Existe vários tipos de Creative Commons (CC), mas a maioria dá a você o direito de utilizar uma parte da música gratuitamente e sem autorização, desde que você dê os créditos ao compositor.

Algumas licenças Creative Commons permitem uso comercial, enquanto outras, não. Geralmente está bastante claro a qual grupo elas pertencem, então leia cuidadosamente a licença para ter certeza que está tudo certo.

3 – Domínio Público

Uma música perde os direitos autorais e entra em domínio público depois de alguns anos, normalmente após a morte do artista, ou de quem possuía esses direitos. A lei que define o período de tempo varia de país para país, mas a média é 70 anos após a morte do artista.

Fora isso, há ainda outros aspectos a se considerar, como a diferença entre a música em si – que pode estar em domínio público -, e uma versão dela. Por exemplo, se um músico hoje gravasse uma música que já está em domínio público, esse músico teria os direitos autorais daquela versão feita por ele e você não poderia usá-la sem autorização.

Posso usar música com direitos autorais?

Resumindo, não. Utilizar qualquer música com direitos autorais no seu podcast significa correr o risco de ser expulso do iTunes e do Spotify e ainda ser multado pelo ECAD. Isso causaria um enorme dano a qualquer podcast.

Sim, existe um monte de dicas por aí ensinando como usar músicas com direitos autorais e até mesmo debates sobre o assunto. Mas por quê arriscar quando há várias opções disponíveis que não envolvem o risco de estar infringindo a lei, não é?

Reflita: será mesmo que você vai perder inscritos apenas porque não vai tocar 10 segundos de Bohemian Rhapsody na sua abertura? Se esse for o caso, talvez seja melhor esquecer a música por enquanto e começar a pensar em planejamento de conteúdo.

Onde encontrar música gratuita para podcast?

Sim, você leu corretamente: é perfeitamente possível conseguir música para o seu podcast gratuitamente. Mas isso também significa que, justamente por ser gratuita, essa música provavelmente será usada por muitos outros.

Se você acompanha mais de uma dúzia de podcasts, começará a ouvir a mesma música se repetir inúmeras vezes. Está Claro que isso não ajuda ninguém a se destacar e não deixa a produção muito profissional.

Mas se você não tem muito dinheiro para investir no momento, ou produz um podcast como hobby, então o melhor a fazer é realmente buscar soluções gratuitas. Você sempre pode investir em um upgrade mais tarde, se sentir necessidade. 

Opção gratuita 1: Incompetech

Incompetech é uma enorme livraria online de músicas gratuitas, criado pelo compositor Kevin MacLeod. Muito do trabalho dele pode ser encontrado em filmes e documentários, então esses áudios funcionam muito bem em ficções, caso você seja um criador de áudio-drama ou documentários, por exemplo.

Alguns gêneros que o site disponibiliza

Várias tracks aqui igualmente encaixam como temas para um podcast. Você pode usar as músicas do Incompetch gratuitamente e sem pedir autorização, mas deve creditar o site. Há a segunda opção, se você não quiser listar os créditos: comprar a licença da track/trilha/música que quiser usar.

Visite aqui: https://incompetech.com/

Opção gratuita 2: DigCCMixtr

Algumas tracks no DigCCMixtr são apenas para uso não-comercial. Isso significa que se você recebe qualquer patrocínio, vendas de produtos, afiliações ou até algumas pequenas doações, você estará infligindo a licença. Na maioria dos casos, é obrigatório creditar os músicos

Homepage do DigCCMixter

Aqui também estão disponibilizadas músicas para uso comercial, mas certifique-se de checar duas vezes a licença quando fizer o download. Isso é importante: se você pretende ganhar dinheiro com seu podcast, então se certifique de usar a licença correta! 

Visite o site por aqui: http://dig.ccmixter.org/

Opção gratuita 3: Biblioteca Facebook

Quem ainda não utilizou o Estúdio de Criação do Facebook talvez se surpreenda com isso, mas o Facebook também disponibiliza uma biblioteca de sons e efeitos sonoros gratuitos chamada Coleção de Sons. A ideia inicial era que os usuários da rede social pudessem editar seus vídeos por ali mesmo. É possível navegar pela coleção, pesquisar por palavras-chaves e até filtrar por gênero (vozes, humor etc). Lá, é possível encontrar as informações sobre o artista, caso você queira segui-lo, e fazer o download da trilha/música é simples, mas só pode ser feito para o computador.

A Coleção de sons é assim

A vantagem é que você não corre o risco de infringir direitos autorais caso publique seu material no Facebook. É necessário ter uma conta no Facebook para ter acesso à biblioteca.

Para acessar a Coleção, vá ao Estúdio de Criação do Facebook e procure-a na coluna da esquerda.

Opção gratuita 4: Biblioteca Youtube

A biblioteca gratuita do Youtube possui, além das canções de diversos gêneros – rock ao funk -, várias opções de efeitos sonoros. Tanto um quanto o outro podem ser baixados gratuitamente para uso de produções que serão disponibilizadas no Youtube ou em outras plataformas. 

Aqui você encontra música gratuita e efeitos sonoros

Para usar algo dessa biblioteca, só é necessário fazer o download do arquivo em MP3 e prosseguir com a edição, adicionando-a ao seu vídeo ou podcast.

Acesse a biblioteca do Youtube aqui: https://www.youtube.com/audiolibrary

Como posso comprar música para o Podcast?

Às vezes, vale a pena pagar um pouquinho mais para licenciar uma música comercial, ou que “está em alta”. Isso ajuda seu podcast a soar único, já que é pouco provável que seus ouvintes escutem esse tema aparecer em outros lugares, o tempo todo.

Neste caso, existem três opções principais:

1. Procurando por um tema principal?

Neste caso, você compra uma licença vitalícia. Isso significa que você pode comprar uma trilha, pagando uma única vez, e usá-la para sempre. Essa opção é ótima para temas que você pretenda usar regularmente por meses, ou até anos, como uma abertura, por exemplo.

Tenha em mente que licenças desse tipo possuem um limite no número de downloads que você pode fazer, ou no período de tempo que ela cobre. Algumas limitam os downloads a, digamos, 10 no máximo. Algumas precisam ser renovadas todo ano. Felizmente, licenças tão restritas são bastante raras hoje em dia, mas sempre vale a pena prestar atenção aos termos e condições antes de pagar por uma música.

2. Procurando por várias trilhas, loops ou efeitos para usar regularmente?

Neste caso, uma assinatura talvez seja mais indicada. Dessa forma, você paga uma taxa mensal para acessar um catálogo que contém várias – frequentemente milhares – de músicas e efeitos sonoros.

Às vezes, a licença permite que você use quantas músicas, loops ou efeitos quiser em um episódio do seu podcast, contanto que sua assinatura esteja ativa no momento em que o episódio for lançado. Isso não quer dizer que você precisa ser assinante para sempre ou apagar os episódios antigos, mas você deve estar inscrito no momento de lançar novos episódios que utilizem as músicas da plataforma. Mesmo assim, existem exceções, como você verá abaixo.

3. Tracks de música customizadas para podcast

Como o próprio título diz, você pode conseguir um tema totalmente único, feito apenas para você, por um produtor ou músico profissional. Este tema será feito sob medida para você e a qualidade provavelmente será ótima. Mas, é claro, custará caro. Se essa é sua escolha, a sugestão é procurar um estúdio da sua cidade, valorizar os músicos e produtores da sua região.

Quais são as melhores lojas de música para podcast pagas?

Essa, sem dúvida, é a opção mais recomendados pelo Bicho de Goiaba. Escolha uma biblioteca que caiba no seu bolso e seja feliz com as milhares de opções, trilhas e efeitos sonoros.

Licença vitalícia: Audioblocks

Audioblocks tem um catálogo gigantesco de excelentes tracks de música, loops e efeitos sonoros – mais de 100.000 de acordo com o último levantamento da plataforma. Você encontrará aqui o que precisar para dar o tom e atmosfera de qualquer podcast, série ou episódio. Pela taxa mensal – mais ou menos 15 dólares – você pode baixar quantas tracks quiser e usá-las para todo sempre. 

Essa opção é ótima para quem quer variedade de música regularmente. Por exemplo, se você quer usar uma ou duas trilhas sonoras em cada episódio, apenas para dar um toque a uma entrevista ou para sublinhar pontos-chave, ou se você quer usar efeitos sonoros para atrair atenção para algo, ou tornar as coisas mais realistas etc. 

Licença vitalícia: Epidemic Sound

Epidemic pode se gabar de ter um catálogo de mais de 30.000 tracks que eles alimentam toda semana com novidades. Além disso, eles possuem uma livraria de efeitos sonoros com mais de 60.000 opções, o que é ótimo se você gosta de adicionar mais vivacidade sonora ao seu show.

A assinatura é a partir de 10 libras mensais para o Personal Plan (Plano Individual) e 39 libras para o Commercial Plan (Plano Comercial).

É possível experimentar os planos de assinatura gratuitamente por 30 dias e, caso goste, manter a assinatura. Caso contrário, cancele sua assinatura antes que o período de teste termine e você não será cobrado. 

Você pode experimentar o período gratuito aqui: https://www.thepodcasthost.com/epidemic 

Licença vitalícia: Shutterstock

Shutterstock são muito exigentes quanto à qualidade do catálogo e eles dizem que a maior parte das músicas submetidas ao site não são aceitas. Essa curadoria altamente cuidadosa faz com que a livraria deles, de mais de 25.000 tracks, definitivamente se destaque. 

100% das tracks do Shutterstock’s são livres de direitos autorais e podem ser usadas eternamente uma vez que se obtenha a licença. Encontrar a música certa para o seu projeto é fácil, já que a livraria é otimizada para uma pesquisa simples. Ela possui filtros precisos que oferecem resultados para gênero, humor, popularidade, mais recentes e mais. O time de músicos da casa adiciona dúzias de tracks toda semana, então sempre há algo novo disponível.  

Com uma robusta seleção de planos, pacotes e licenças, há um preço adequado ao bolso e necessidade de cada um. Além da tradicional opção de pagar por uma música específica, clientes podem fazer uma assinatura que oferece downloads ilimitados.

Veja os planos aqui: http://shutterstock.7eer.net/RVYEy 

Licença vitalícia: Jamendo

Jamendo é uma grande e abrangente coleção de músicas para podcasts livres de Royalty. Aqui há a opção de comprar músicas individualmente. A qualidade é excelente, a variedade é enorme. A licença mais básica cobre uso comercial e custa por volta de 35/$50 libras a track.

O portal afirma que oferece 200.000 tracks de mais de 40,000 artistas independentes, então com certeza haverá algo aqui que você goste. 

Jamendo também oferece um serviço de composição musical. Você pode fazer um pedido para ter seu tema customizado, composto por um músico da sua escolha. 

Licença vitalícia: Foximusic

Foximusic você pode comprar tracks para usar ilimitadamente e da maneira que preferir. Essa é uma opção bastante simples para quem busca monetizar o conteúdo sem se preocupar com termos de licenças. 

É possível comprar uma track individual por 39 dólares, enquanto também são oferecidos pacotes com descontos de 2 (10% off), 3 (15% off) e 5 (25% off). Também são oferecidas múltiplas versões de cada track (intacta, versão em loop, edição curta) para que você tenha bastante flexibilidade produtiva. 

Licença vitalícia: Filmstro

Filmstroo é um serviço único que oferece tanto a possibilidade de obter a licença de uma trilha sonora, quanto a de compor uma que se adapte à sua necessidade. É só fazer o download do aplicativo deles, que utiliza plugins do Premiere Pro e do Final Cut Pro. 

Eles possuem uma biblioteca limitada de tracks gratuitas livres de Royalties e planos anuais a partir de 8.25 dólares mensais que oferecem material sonoro novo toda semana. Esses planos também oferecem mais possibilidades com relação ao uso dessas tracks para fins comerciais.

Acesso ao Filmstro aqui: https://filmstro.com/

Licença vitalícia: Artlist

Essa plataforma foi criada por um grupo de produtores de vídeos co o intuito de aproximar música e filme. Apesar do foco inicial, tudo aqui serve perfeitamente para a produção de um podcast. 

A equipe faz uma curadoria de músicos pelo mundo e disponibilizam suas produções no site, que você pode obter por uma taxa anual. Existem três opções de planos, a mais básica sai por 12.41 dólares e oferece música nova toda semana, licença universal e número de downloads ilimitado. 

É possível fazer um teste gratuito com prévias das músicas e de efeitos especiais.

Explore por aqui: https://artlist.io/

 Licença vitalícia: Audiojungle

Esse é uma grande comunidade de compositores e produtores musicais. No Audiojungle, você pode vender ou comprar músicas ou efeitos sonoros. Aqui, você encontra opções mensais gratuitas e outras que custam poucos dólares.

Você pode pesquisar dentro do catálogo de audios por categorias, coleções, as escolhas dos editores ou compositores mais populares. 

O Audiojungle é parte do Envato Market, então, é preciso criar uma conta pelo Envato, gratuitamente. 

Descubra por aqui: https://audiojungle.net/


Artigo traduzido do Thepodcasthost.com, adaptado e atualizado pelo Bicho de Goiaba.


0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *